Estamos aqui:
http://lajeosadodao.blogs.sapo.pt/

Anúncios

Carregue aqui

http://www.scribd.com/doc/6411571/A-Nossa-Bli

Olá amigos leitores!.
Então, tiveram umas óptimas férias?
Estão prontos para começar um novo ano? Olhem que de “livro fechado não sai letrado!”.
Nós, por cá, começámos o ano com uma brincadeira engraçada com os novos alunos do 5º ano de escolaridade. Vejam as fotos.
Também temos muitos livros novos para vocês lerem!.
Brevemente enviarei o baú das surpresas.

 Beijinhos da Bli

 

Um dia Almada Negreiros escreveu:

“Pede-se a uma criança: Desenhe uma flor! Dá-se-lhe papel e lápis. A criança vai sentar-se no outro canto da sala onde não há mais ninguém. Passado algum tempo o papel está cheio de linhas. Umas numa direcção, outras noutras; umas mais carregadas, outras mais leves; umas mais fáceis, outras mais custosas. A criança quis tanta força em certas linhas que o papel quase não resistiu.

Outras eram tão delicadas que apenas o peso do lápis já era demais.

Depois a criança vem mostrar essas linhas às pessoas: Uma flor!

Contudo, a palavra flor andou por dentro da criança, da cabeça para o coração e do coração para a cabeça, à procura das linhas com que se faz uma flor, e a criança pôs no papel algumas dessas linhas, ou todas. Talvez as tivesse posto fora dos seus lugares, mas, são aquelas as linhas com que Deus faz uma flor!”

       Só mesmo a poesia para nos transmitir a visão pura das crianças sobre as coisas simples, que no fundo são as mais importantes…

       E quem melhor do que os nossos amiguinhos para ajudaram o poeta a ilustrar as suas palavras? Ora vejam a quantidade de desenhos fantásticos que recebemos

Beijinhos da Bli, o obrigado a todos os artistas!

 

Olá amiguinhos,

 

Estou muito entusiasmada! No próximo dia 1 comemora-se o Dia Mundial da Criança! Para mim é o dia mais importante do ano. Não pelo dia em si, mas pelo que ele representa para todos nós. Até porque todas as crianças do mundo merecem muito mais, para que este dia não seja apenas mais uma data que se assinala hipocritamente com pompa e circunstância, para depois ser esquecida, como o são tantas crianças que sofrem todos os dias em todos os cantos do mundo.

Por isso, este dia só é realmente importante se surgir como uma simples gota, pequena, mas suficiente para fazer transbordar um imenso oceano fazendo com que este galgue o seu leito e nos inunde a todos sob a forma do mais belo sonho. E que o possamos navegar cavalgando as suas ondas mais encapeladas, para um dia, enfim, chegarmos de mãos dadas à praia, numa explosão de espuma, sal e cor, que ilumine o futuro, que é de nós todos, mas que repousa palpitante nas mãos de todas as crianças. É um sonho lindo… mas como dizia o poeta “o sonho comanda a vida, e sempre que o Homem sonha, o mundo pula e avança, como bola colorida, entre as mãos de uma criança.”

 

Beijinhos especiais para todas as crianças do Mundo!

Bli

A 9 de Maio de 1950 um Senhor chamado Robert Schuman apresentou uma proposta de criação de uma Europa organizada para que todos os países envolvidos mantivessem relações pacíficas. Esta proposta, conhecida como “Declaração Schuman”, é considerada o começo da criação do que é hoje a União Europeia, e dizia mais ou menos isto:

 

“A paz mundial não poderá ser salvaguardada sem uma criatividade à medida dos perigos que a ameaçam(…). Através da colocação em comum de produções de base e da instituição de uma Alta Autoridade nova, cujas decisões ligarão a França, a Alemanha, e os países que a ela aderirem, esta proposta constituirá a primeira base concreta de uma federação europeia, indispensável à preservação da paz.”

 

35 anos depois, na Cimeira de Milão de 1985, os Chefes de Estado e de Governo, com base na “Declaração Schuman”, decidirem celebrar o 9 de Maio como “Dia da Europa”.

 

 

Aqui na minha Escola, os Professores de Geografia  e de História em colaboração com a Biblioteca, também assinalaram o Dia da Europa e os 51 anos do Tratado de Roma, através de divulgação de informações do Centro de Documentação Europeia, projecção de apresentações em powerpoint e, ainda, de trabalhos realizados pelos alunos do 9º ano. Foi mais uma oportunidade de todos ficarem a conhecer melhor esta Europa, unida pela sua diversidade.

Beijinhos, Bli